20 de mar de 2015

Parem de Instalar Ubuntu!

Era só isso que se ouvia na lista de discussão oficial do FLISOL Brasil.

Concordo que as práticas adotadas pela Canonical ferem os princípios do Software Livre mas é bem difícil que algum usuário entre no mundo do Software Livre se não for pelo Ubuntu.

Quero fazer uma distro 100% Livre, posso?


Faço parte de uma comunidade chamada COMSOLiD há 8 anos, e em nossos eventos anuais nós sempre distribuímos uma distro customizada do Ubuntu, esta contendo muitos softwares pré-instalados. Estes softwares são baixados a partir de um servidor de pacotes .deb.

Daí vem a questão: "Será que seríamos capazes de criar uma distro do zero e ter o mesmo serviço de instalação?". Muito caro difícil. Esse é um ponto em que o Ubuntu faz muito bem.

"Já sei. Vamos criar uma distro a partir do Debian! Vamos ter o mesmo sistema de instalação, com pacotes bem testados, e somente software livre. Pode ser?" Pode sim, mas eu particularmente não conheço uma boa ferramenta de customização do Debian.

No início trabalhamos com o Remastersys, mas ele infelizmente não tem mais suporte. Resolvemos mudar para o Customizer, a qual dá suporte apenas a Ubuntu (e seus derivados). É uma ferramenta muito boa, principalmente para usuários avançados. Ela cria um ambiente a partir de uma ISO; você monta a ISO e modifica seu conteúdo e depois gera outra ISO modificada.

Por experiência própria sei quanto dá trabalho customizar uma distro, e sem uma ferramenta decente é um trabalho desgastante (principalmente a fase de testes, o que normalmente é manual).

"Odeio que o Ubuntu tenha Drivers de Vídeo proprietários!" Lembra do tempo que não tínhamos nada? Que não tínhamos nem voz nem vez quando se tratava de placas gráficas. Pelo menos agora temos a chance de batalhar para que essas ferramentas possam ser tornar verdadeiramente nossas. Lembra do tempo que diziam que não tínhamos jogos? (http://en.wikipedia.org/wiki/SteamOS)

"Qual é a saída, mudar de distro simplesmente?". Acho que não. Mesmo não sendo 100% livre o Ubuntu ainda pode ser customizado. Podemos encontrar facilmente seus spywares e removê-los. Podemos desinstalar softwares proprietários e deixar que o próprio usuário instale.

O que não podemos é ficar discutindo sem propor uma solução. Se o FLISOL quer uma distro 100% livre baseada em Ubuntu, façam uma distro 100% livre baseada em Ubuntu.

Trecho de e-mail enviado por Laudivan nas lista do FLISOL Brasil


...Mas ainda há muito que conquistar pois dificilmente alguém consegue usar 100% software livre sem sacrificar usabilidade, praticidade, conforto ou eficiência.

Isso pode não representar muito para um defensor de software livre que está disposto a sacrificar muito mais para provar seu ponto de vista, mas é um fator  decisivo para o usuário comum que ainda não está convencido sobre as vantagens e não tem uma motivação ideológica.

Temos então duas escolhas pela frente:
  1.   Sermos firmes na escolha dos programas a serem oferecidos no FLISOL, e sacrificar bastante nossa capacidade de convencimento;
  2.   Ou instalar alguns drivers e firmwares e continuar encantando os novos usuários e talvez futuros ativistas.

Devemos considerar qual alternativa se enquadra melhor no objetivo do
evento descrito acima: PROMOVER o USO do SOFTWARE LIVRE. Veja que esse objetivo também define o nosso público-alvo: PÚBLICO EM GERAL.
 

15 de jan de 2015

Aniversário Wikipédia

Hoje dia 15 de Janeiro é o aniversário do projeto da enciclopédia livre, bastante conhecida por todos (principalmente estudantes) como Wikipedia. O projeto começou em 2001 e vem fazendo bastante sucesso até hoje.


Agradecemos profundamente a Jimmy Wales e Larry Sanger que são os co-fundadores desse projeto que facilita a vida de muita gente, sejam estudantes ou não, o conhecimento deve ser sempre compartilhado, e a Wikipedia faz isso muito bem.

Parabéns, muitos anos de vida, e principalmente, muito obrigado !


5 de ago de 2014

E se...



Já imaginou o mapa mundi com denominações diferentes?
E se os nomes dos continentes, países, ilhas e oceanos fossem nomes de distribuições GNU/Linux, empresas ou projetos de software livre, como seria? 
Já pensou nessa possibilidade ? 
O mapa deveria ser bem mais atraente se fosse dessa maneira, concordam ?



Acho que seria uma boa aventura navegar nas águas do Oceano GNU, ou passar um final de semana na Ilha Firefox OS. 

8 de jul de 2014

Phonegap Workflow

Venho utilizando Phonegap a algum tempo fazendo alguns projetos pessoais e alguns protótipos comerciais e gostaria de dividir uma maneira bem prática para se trabalhar com essa tecnologia.

Node.js

Antes de tudo a instalação do node junto do npm é algo essencial. O npm, que  significa Node Package Manager, uma espécie de apt-get para pacotes node foi a  ferramenta escolhida para ser usada atualmente como instalador do phonegap.

Site oficial Node.js e NPM.

Após instalar node e npm instale o phonegap/cordova. Para isso em um terminal faça:

npm install -g phonegap cordova

A partir daí para criar um projeto phonegap basta executar algo como:
 
phonegap create --name AppName --id com.yourcompany.app-name app-name
cd app-name